24.6.11

Self-Fulfilling Prophecy

Como num livro em que o fim já está escrito, há coisas que passam a vida inteira à espera de acontecer.

Um casal tem paixão por pilotar aviões. O casal tem dois filhos, portanto decidem nunca voar juntos no mesmo avião para que no caso de haver uma tragédia, as crianças tenham pelo menos um dos pais vivo.

Os anos passam, eles nunca voaram juntos. Um dia, achando que os filhos já são crescidos, decidem que já podem realizar o sonho de irem no mesmo avião.

o avião descola e passados alguns momentos desaparece no ar. O nevoeiro é apontado como a causa do desastre.

Li esta notícia no jornal no outro dia. Deixou-me a pensar que realmente há demasiadas coincidências na vida. Todas as pequenas e grandes coisas, todas as decisões tomadas levaram aquele casal a entrar naquele avião, naquele dia, aquela hora. E o facto de nunca quererem voar juntos, é como se soubessem que o dia em o fizessem seria o último das vidas deles. E foi mesmo. Tanto esforço e cuidado para tentar evitar a tragédia levou à combinação perfeita para que ela acontecesse.

Assustador.

2 comentários:

j disse...

=o isto é mesmo spooky.
e bonito in a weird kind of way.

butterfly disse...

É mesmo muito assustador pensar nisto! Isto deixou-me mesmo a pensar!