12.3.11

12 de Março

Hoje estive em Londres, mas gostava de ter estado em Lisboa. Também sou uma dessas pessoas que está à rasca e daí eu estar em Londres.

Quando sai de Portugal a primeira vez, sai porque não queria ter as condições de trabalho que os meus colegas me descreviam, mas sai também pela aventura. Nunca tive realmente vontade de trabalhar em Portugal, porque nunca vi um futuro com dignidade. Quando perdi o emprego devido à crise e tive de voltar para Portugal experimentei, pela primeira vez, o que é ser precário, estar a falsos recibos verdes, ter patrões que enganavam, mentiam, exploravam e exigiam muito mais do que tinham direito. Saía de casa às 8 e chegava a casa às 20, dias de doença, feriados e férias não eram pagos e o ordenado só era recebido quando as pessoas os começavam a ameaçar de não irem mais. Como se isso não bastasse, tudo o que lá se passava era ilegal, software, falsos recibos verdes, documentos falsificados, etc, etc. E ainda olhavam para mim como se eu tivesse de lhes agradecer por ter a oportunidade de passar os meus dias inteiros ali. O dinheiro dava para comer e para gasolina.  Tomei a decisão de me despedir, porque começava a perder o respeito por mim própria. Depois disso não voltei a encontrar emprego e ao fim de alguns meses desisti, porque já estava a planear o mestrado.

No entanto, eu queria ficar em Portugal. Voltar a Londres custou-me, mas sei que foi a melhor decisão que podia ter tomado, porque não havia nada para mim em Portugal.

Que esta manifestação seja a primeira de muitas.

5 comentários:

butterfly disse...

Nempresa onde trabalho em 2 semenas foram promovidas 2 pessoas que estão na empresa há menos de 1 ano,por simplesmente darem graxa.Eu que estou aqui a dar o litro há 4 Anos sou colocada debaixo do tapete:( é muito injusto e a vontade de querer sair cada dia aumenta mais.Penso muito em mudar-me para Londres mas imensa gente diz que as coisas por ai tambem não estão nada boas e por isso tenho aguentado aqui mas estou a chegar assim ao meu limite!Quero ir embora de Portugal, quero ser valorizada pelo meu trabalho e por o que sou!

cadu1981 disse...

Jovem duas questões!

Fiz uma entrevista por telefone para a Honda Manufacturing UK e correu bem! pagavam 27k£ por ano! E havia a oportunidade de dar alojamento! É em swindon! Achas muito? achas pouco? tirei 25% desse valor para descontos e fica prai com 350€ a mais do que ganho cá em PT por mes! achas que vale a pena?

è que existe depois a Maria... ai a Maria!!!

Mononoke disse...

Butterfly: realmente as coisas por ca nao estao como antes, mas nada como ir procurando ofertas e madar alguns cvs para comecar.

Cadu: 27k por ano com alojamento parece-me uma boa oferta, mas depende do que tu estiveres a procura.

cadu1981 disse...

Buterffly isso é cá em PT? Olha, na avalição anual para aumentos de ordenado, disseram que era insuburdinado ( é verdade, sou um pouco dificil de aturar), era muito mau na mecanica, desenrascava-me no campo, e desenhava o suficiente... Acontece que o gaijo que tava abaixo de mim foi aumentado alguns 250€!!! e não faz tipo 1/5 do que faço ( pagam-nos para desenhar)... mas isto foi uma avaliação feita por um chefe que é um bro***e...

cadu1981 disse...

Define o que um gaijo tá a procura? Epa, Honda é uma grande multinacional. Ali tinha-mos que fazer linhas para inglaterra, turquia e espanha!

Eu neste momento quero é ganhar dinheiro!