22.3.10

Vou Ser Sincera

Até agora 2010 está a revelar-se um ano um bocado de bosta. Claro que há sempre coisas boas, óbvio, também as tenho tido. No entanto, sinto-me desapontada por ainda me sentir sem rumo. Continuo a sentir que não estou a construir nada para o meu futuro. Não estou a evoluir profissionalmente, não encontrei um sítio onde ache que quero ficar, não tenho a minha casa, ando há 8 meses a adiar inscrever-me em ginásios porque não me sinto enraizada e tenho tanta vontade de ir fazer exercício. Há um ano atrás era completamente independente, agora estou na casa dos meus pais à espera de melhores dias, caramba, sinto-me mal.


Realmente a vida troca-nos sempre as voltas, quando eu achava que estava no bom caminho, boom, back to square 1. Claro que eu aprecio ter tempo livre, adoro, o que me custa mesmo é ver o saldo da minha conta aproximar-se do zero e eu não ver maneira de mudar isso. Maldita hora em que eu escolhi ir para aquele curso idiota, se eu não fosse tão hipocondríaca e detestar tudo o que são ciências e matemáticas tinha feito os possíveis por apostar na medicina. Ou gestão, parece que isso também dá qualquer coisinha, agora gostar de cores e pintar e desenhar não vale nada no mundo de hoje. Não que os arquitectos desenhem muito, agora é só autocads e porcarias.

Estou fartinha, fartinha disto tudo, ao menos parece que o tempo vai começar a aquecer, valha-nos isso.

1 comentário:

Koalita disse...

Parece estava a ler algo saído da minha mão. Por muitas vezes também já me perguntei por que raio fui escolher queimar as pestanas por 5 anos, tantas directas a trabalhar e projectos e saltar de ideia em ideia, tantas preocupações, sonhando com uma vida profissional que me faria sentir realizada, para quê? Enfim... o ideal é não pensar muito! ;)
Se um dia destes quiseres conversar adiciona-me ao msn: cri(at)cristinaloureiro.com